01/09/2020

PACOTÃO: Empresa assume Gestão e Jurídico do Barretos Esporte Clube!

PACOTÃO: Empresa assume Gestão e Jurídico do Barretos Esporte Clube!

 

Barretos, 01 de Setembro de 2020 – 09h07

Henrique Fortunato

 

Com o retorno do Campeonato Paulista Série A3 confirmado pela Federação Paulista de Futebol para o dia 19 de Setembro, as equipes participantes do Certame estão “correndo” para “remontar” seus elencos, e a situação do Barretos não é diferente, ou melhor, é diferente! Já que não conta com nenhum jogador que vinha defendendo as cores do time antes da parada devido a pandemia de Corona Vírus no Brasil.

Com dificuldades financeiras mesmo antes da pandemia, o Touro do Vale corria sérios riscos de não conseguir montar elenco para colocar o time em campo. Com a chegada de Júlio Samara a Presidência da equipe talvez no pior momento do clube, uma parceria com a empresa Player Gestão Esportiva surgiu como opção para um Barretos mais forte dentro e fora de campo.

Na teoria a gestão da Empresa Player iniciou no dia 27/07 após a assinatura entre a empresa e o Barretos Esporte Clube, o que chamou a atenção de vários torcedores do time é que a empresa foi fundada no mês da assinatura do contrato.

Para tirar algumas dúvidas sobre a parceria e o BEC, a Web Radio Barretos entrou em contato com o Vice Presidente Zé Reinaldo que voltou ao clube a convite do novo Presidente.

 

Retorno do Paulista Série A3 2020

“Era consenso na cidade que se o Campeonato da Série A3 não retornasse seria mais vantajoso para o Barretos que no momento ocupa a parte do meio da tabela, com chances reais de classificação mas também tendo chances de não ter sucesso correndo o risco de rebaixamento, mas o campeonato está totalmente em aberto, e era quase que unanimidade se não houvesse por tudo que envolveu o ano de 2020 em Barretos e no mundo”.

 

Dificuldades de Gestão no início de 2020

“No âmbito local perdemos nosso eterno Presidente (Milton Aparecido da Silva), junto com isso veio a saída do Roberval da Presidência, o afastamento do Airton que era um potencial parceiro do Barretos e do irmão (Miltão), então as dificuldades foram tremendas na gestão que havia pego o clube”.

 

Parceria com a Player Gestão Esportiva

“Já que a Federação definiu a continuação do Campeonato, o Barretos não tinha recursos próprios e nosso comércio que passa dificuldades nesse momento de pandemia, ficava difícil buscar patrocínio e mesmo receber os anteriores, que haviam sido fechado com a gestão anterior.

Então foi procurado auxilio, nesse período de parada apareceram algumas propostas, aconteceu a Ascenção do Dr. Júlio Samara a Presidência, o convite para retornarmos e montar uma diretoria e se achou por bem buscar esse parceiro, e acabamos fechando com a Player”.

 

Empresa fundada no mês da Assinatura do Contrato

“Na verdade, as conversas iniciaram com uma empresa que administra bens e patrimônios do investidor no caso, e com as conversas encaminhadas, a parceria optou por abrir uma empresa voltada para a administração de futebol e tendo o Barretos Esporte Clube como primeiro parceiro”.

 

Algumas das responsabilidades da Player na parceria

“A empresa veio para administrar a gestão em toda categoria de base do clube, Sub 20 e Profissional.

Entre outras situações, já no primeiro momento estamos vendo benefícios na parceria, a empresa colocou seu jurídico a disposição do Barretos, inclusive fazendo a defesa de algumas citações que o Barretos teve na Federação, como o problema do jogo aqui contra o Comercial, no jogo contra o Desportivo Brasil fazendo a defesa de um atleta e um membro da comissão técnica, alguns acordos na área trabalhista, entre eles com o ex escritório que defendia as ações do Barretos Esporte Clube, sendo um avanço para o clube que não teve custo nenhum”.

 

Situação do elenco que iniciou o Campeonato da Série A3

“Sabemos que a Justiça do trabalho voltando a funcionar novamente, o Barretos deve receber citações de jogadores que entraram na justiça neste ano de 2020, onde o clube será defendido pela empresa parceira com grande possibilidade de acordos, pois já aconteceu um primeiro contato com os advogados dos atletas”.

 

Risco de Nova Penhora de Cotas em 2021

“Acontecendo os acordos com os atletas, pode acarretar o Barretos ter o benefício da cota de 2021 não ser penhorada, que é a prioridade da nova gestão não ter esses recursos penhorados, o que adiantaria bastante o orçamento e calendário de 2021”.

 

Opinião Final sobre a Parceria

“Então a princípio na minha opinião acho bastante interessante o que foi assinado, nós temos ciência que será uma gestão de recuperação do Barretos e estruturação fora de campo e o que ocorrer dentro de campo, onde o Barretos vem realizando boas campanhas, já que nos últimos anos conquistamos acessos.

E claro, a expectativa de formação e venda de atletas que a muito tempo não acontece por aqui”.